POSTS RECENTES
Please reload

CONCRETO PRÉ-MOLDADO: O que você precisa saber.

19 Sep 2017

Há quase cem anos, as formas de construir não se resumem à alvenaria ou ao concreto feito na obra. O uso do pré-moldado expandiu as possibilidades da arquitetura através de peças produzidas separadamente que são levadas ao canteiro e fazem da construção, um sistema de montagem.

 

 

Embora o pré-moldado não tenha alcançado o sucesso comercial que foi prometido no século passado, e não seja tão popular no Brasil como é no Japão ou na Finlândia, esta técnica representa a chance de construir com mais racionalidade.

 

No nosso país, o sistema é usado majoritariamente nas estruturas de galpões industriais, mas também pode ser empregado em diversos tipos de edifícios e ter como matéria prima o aço, a madeira, e principalmente, o concreto.

 

VANTAGENS

 

Construir as peças estruturais ao mesmo tempo em que se prepara o terreno, acelera a obra, tornando-a menos irritante à vizinhança e, principalmente, mais econômica pois:

  • Encurtando em quase um terço o tempo de construção, exige menos mão-de-obra e custos indiretos;

  • Diminui gastos com escoramentos;

  • Reduz a frequência de manutenção;

  • O desperdício de material é quase zero, principalmente do cimento. Por esse motivo, é considerado um modo de construir mais sustentável do que o convencional.

  • Possibilita canteiros de obra mais limpos, já que a “construção seca” gera menos entulhos.

  • Devido à alta resistência, permite maiores distâncias entre os pilares,

  • O encaixe padronizado agiliza ainda mais a montagem.

 

 

Em média, os custos da obra pré-moldada são 30% menores em relação ao modo comum de construir. 

 

Os componentes mais comuns na produção de concreto pré-moldado são pilares, vigas, painéis de parede (estruturais e não estruturais), lajes e fundações. A qualidade e a vida útil dessas peças são superiores em relação ao concreto moldado em obra porque o recobrimento da armadura, a densidade e a cura do concreto são muito melhor observados no preparo isolado.

 

DESVANTAGENS

 

Apesar de garantir um preço total fixo, o sistema pré-moldado exige um investimento inicial maior para a execução das peças. Tirar proveito de uma técnica tão racional, acaba sendo mais complicado devido aos seguintes obstáculos:

 

  • Necessidade de mão de obra qualificada;

  • Dificuldade de reformas imprevistas;

  • Pouca diversidade de formas no mercado, por enquanto. Esperemos que, com o tempo, a produção dos “moldes” se diversifique no Brasil; 

  • Indisponibilidade em regiões afastadas dos centros urbanos. O transporte das peças à longas distâncias pode encarecer a obra;

 

OBSERVAÇÃO: O que se chama de “pré-fabricado” consiste numa técnica com a mesma natureza do pré-moldado, porém com o controle de qualidade ainda mais rígido e atualmente, mais popular na construção de residências. 

 

 

 

Quando pensamos em estruturas mistas, fica mais fácil imaginar como você pode empregar o pré-moldado na sua casa. Usar pré-lajes ou painéis pré-moldados com estruturas convencionais, pode trazer diversos benefícios, mas esse tipo de obra requer projetos que considerem a viabilidade e as futuras  reformas. Contrate profissionais especializados!     

 

 

Gostou do conteúdo? Clique aqui para não perder nenhuma postagem!

 

 

Share on Facebook
Please reload

Please reload

PROCURAR POR TAGS
NOSSAS REDES
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • LinkedIn - White Circle